11 junho 2008

Ó extremo esquerdo

Estou de volta pá!

12 janeiro 2006

O dia em que o Blog voltou:

Hum... Talvez amanhã.

26 outubro 2005

Cuidado com a gripe da aves


Parece que as notícias neste pasquim tendem a dar uma pirueta. Quem sondou quem afinal? Vão se encher de mijo!

Consta que na EDISPORT – Sociedade de Publicações Desportivas SA, responsável pelo dito pasquim, começou a primeira campanha de vacinação em Portugal contra o H5-N1. Pelo menos febris andam eles...

18 outubro 2005

Esta malta não percebe nada de gestão...:

Então o Porto perde no Dragão com o Benfica? E o Sporting em casa com a Académica? Problemas de gestão meus amigos! Vejamos:

Porto:
Gestão da defesa: qual defesa? Bem... as boas notícias são que o Baía ainda se deixa ficar na baliza, se bem que o Co fica furioso com ele no final dos jogos porque nos treinos o guarda-redes sobe SEMPRE à área adversária nos livres e pontapés de canto. Lastimável Vitor, lastimável!

Gestão de lenços: e aqui só digo que "eu não acredito nos lenços... mas que os há, há!"

Gestão de casmurrice: é contigo Co. És casmurro que nem uma porta!

Sporting
Gestão de bulha: Beto... Custódio... para a próxima vejam se acabam logo com a carreira do outro para não estarem a fomentar mau estar no balneário!

Gestão de comicidade: Zé, Zezito, Zequinha... eu gosto de ti porque és engraçado e dizes umas piadas que fazem a malta rir, mas pá... tens de equilibrar isso, não? Qualquer dia o pessoal não consegue parar de rir e só os sportinguistas não morrem de riso. Um mundo governado por lagartos... batam na madeira.

Gestão de lençóis: tinha de incluir esta.

Cerne da questão. A melhor gestão é a do Vitória de Setúbal. Portanto se querem ganhar jogos... deixem de pagar os ordenados! Aí sim... será ver o Liedson a marcar para o pão com manteiga e o Ricardo a defender penáltis para ter o caldo verde ao jantar. Ou o Benni a fuzilar a baliza duas e três vezes por jogo para conseguir ter trocos para as tranças de plástico e o Lucho a jogar normalmente porque veio da Argentina e está habituado.


Não há dinheiro para o vinho... mas a malta desenrasca-se com Binho! (vi esta no "Malucos do Riso" nº2012/159ªsérie)

Até coiso.

14 outubro 2005

Agora ris tu Eusébio!:


Ah ah ah! Who's laughing now bitches?

Later.


42? E os que falhou? 42000?:

Grande Pedro. Não me vão levar a mal quando digo que não é dos meus jogadores favoritos na selecção, mas pronto, o rapaz mete golos quando está em dia sim. E ultrapassou o Pantera Negra! E ainda tem de se ter umas pernas jeitosas para ultrapassar uma Pantera em corrida... (piada desnecessária mas tão, tão óbvia). Enfim... Parabéns Pauleta! Se contassem os golos falhados eras o segundo melhor do Mundo, logo atrás do Pena!
















Até juá. (açoreano)

"Ôh!":


Uma homenagem.

E não pensem que estou a desviar-vos a atenção desta estupidamente enorme ausência de postes. Não, não estivémos na Igreja a rezar pelo Vitória (se bem que pareceu-me ver o amigo LFP a mexer os lábios sem proferir som...). Também não, também não estivémos a rezar pela melhoria dos comentários nos jogos da Superliga na TVi. Também não estivémos a rezar pelo exorcismo de um Conselho Disciplinar da Liga que parece ser possuído por entidades demoníacas, e pasme-se, que não têm qualquer tipo de competência para o cargo. A verdade é que estive junto do meu companheiro que por partida do destino não aguentou a pressão de blogger e teve um esgotamento futebolístico. Força LFP! O staff (eu) está contigo!

Porquê o Gabriel Alves?

...

Deco faz uma jogada à entrada da área e ao ganhar espaço e vendo o guarda-redes da Letónia adiantado, pica a bola numa tentativa de chapéu que sai a rasar a barra.

Carlos Daniel: Quase o golo!
Gabriel Alves: Ôh!

E quem nunca ouviu um "Ôh!" do Gabriel... não merece ser adepto de futebol.

Até já!

27 setembro 2005

Pô cara, tá na hora do teu supositório!

Dando seguimento ao meu post anterior, lembrei-me de uma frase mágica que vai ganhando adeptos entre a comunidade brasileira do Campo Grande. Está mais que provado que os jogadores do Sporting têem uma grande preocupação com a saúde do treinador. A cada substituição duvidosa que o Sr. Peseiro faz lançam logo o alerta médico, avisando-o que está na hora de tomar a medicação, indicando inclusivamente qual dos medicamentos é que ele necessita tomar e por que orifício corporal o deve fazer. A comunicação social, maldosa, manipula este gesto de carinho, dando só atenção à árvore que mais lhe convém desprezando o resto da floresta. Para os mais cépticos aqui fica aquilo que o Liedson mandou o Peseiro tomar no dito cujo.

Bola para fora - pontapé de baliza

Ó Autómato, atendendo à imagem do teu post, e tendo em conta que a tua orientação política é vermelha, posso depreender que a tua ideologia está orientada para prender as calças e trazer debaixo do colete.



De qualquer modo foste colhido à primeira investida. Olé!

26 setembro 2005

Então e... que tal falar de bola?:

Este regabofe é muito divertido... mas há a questão do serviço público, não? Bem sei, bem sei... o fim-de-semana futebolístico já tem muitos motivos para rir per se mas bolas... façamos um esforço! Vamos lá! Ânimo! Esqueçam o golão do Nuno Gomes! Esqueçam o golão do McCarthy! Lembrem a táctica do Vitória de Setúbal! Lembrem as substituições do Peseiro! Lembrem o Baía a refilar com o Silas! Lembrem! Pode ser? Força extremo direito... canaliza a tua ira reprimida para o futebol, sim?

...Sim!

Até amanhã mesmo!

Bocejo:

Gostava de vir aqui dizer que li o post que o meu companheiro me dedicou até ao seu final... mas perto do meio comecei a sentir uma sonolência atroz. Todavia... e tendo em conta aquilo que li... venho exercer o meu direito de resposta de uma forma simples e recorrendo a um mundo que tanto diz ao "Xôr" LFP - A tauromaquia.


Sendo que a minha orientação política é vermelha...

...tira as tuas ilações.

Até amanhã!

On being Richelieu

Bem, eu queria fazer o upload do dito cujo, mas não consigo. Não importa. A questão aqui é mesmo o post do extremo esquerdo. Bom, em primeiro lugar pá, deixa de ler José Saramago que o teu portugês está macarrónico. Em segundo lugar, deixa-me que te diga que confundir democracia-cristã com a igreja só é próprio dos mais ortodoxos maoístas, daqueles que em 75 queriam "correr com os PPD's à metralha - rátátátátá" (frase acompanhada do respectivo gesto de índole militar). Se bem que confundir o poder espiritual com o poder temporal fora do islão e do Vaticano fosse prática comum desde o tempo de Carlos Magno até ao tempo de Luís XIII, não o esperava agora, em pleno ano da graça de 2005.

Mais te digo pá, não se pode dizer que eu seja um democrata-cristão só porque voto PSD. Aliás, o facto de o PSD pertencer à família política do PPE-DCE não significa nada, pois esta família é uma amálgama ideológica, tal como é, de resto o BE. Aliás, se o PPE-CDE fosse um albergue espanhol ideológico, o BE seria, no minimo, um Tróia Resort, com direito a implosões e tudo. Acho até que a primeira torre a ser implodida vai ser a Joana Amaral Dias, a recentemente nomeada "Mandatária para a Juventude (Ah! Ah! Que piada!!) do MASP3". E eu a pensar que o mandatário para a juventude de tal candidatura fosse um jovem da faixa etária , digamos, eh... dos 50 anos.

Quanto às piadolas acerca do António Borges, jovem, não tinhas um ataque mais consequente para me fazer, não? É que falar dos ausentes, ainda por cima de um gajo sobre o qual nada tens a apontar, nem de bem nem de mal, não dá pica. É o mesmo que bater no Calimero: toda a gente bate, ele queixa-se, e diz, com alguma razão, que é alvo de perseguição. Bate em quem dá luta, pá.

Leitura obrigatória

Let's Deploy the 'Little Platoons'
por Iain Duncan Smith e Rick Santorum.